SILVIA REGINA LIMA
Escrevo e me transporto para dentro daquilo que escrevi.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


VIM


Vim. Sabia que me esperavas
com a tua intensa esperança
de poder soltar meus cabelos.


Vim. Para arrepiar teus pelos
libertar tua adormecida criança
ser tua rainha... ou tua escrava.


Vim. A hora nada importa,
creia-me, ela é aqui, agora.
Eu ficarei ... sem dilemas,
para recolher a tua alma
e dar-te este e mais poemas
feitos à luz das mil auroras.


Silvia Regina Costa Lima
12/06/2010
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Enviado por SILVIA REGINA COSTA LIMA em 03/08/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários